BLOG

Home | Suplementos Fit | BCAA – O mais completo aminoácido.…
20 de julho de 2016

BCAA – O mais completo aminoácido. Conheça os seus benefícios!

Categorias: Suplementos Fit

 

BCAA – O mais completo aminoácido

O termo BCAA é na verdade uma abreviação de Branched Chain Amino Acids, ou Aminoácidos de Cadeia Ramificada, que incluem a leucina, valina e isoleucina. Em conjunto, estes três aminoácidos formam cerca de 1/3 das proteínas musculares e são essenciais para o crescimento e desenvolvimento muscular.

Os músculos são formados por proteínas, e estas por aminoácidos. Logo, nosso corpo necessita de aminoácidos para fazer mais proteínas e consequentemente mais fibras musculares.

Os BCAAs servem como transportadores de nitrogênio, nutriente que atua na síntese de outros aminoácidos necessários para a produção de novas fibras musculares (anabolismo). Outra função dos BCAAs é estimular a produção de insulina, hormônio que promove a entrada de glicose e aminoácidos nas células.

 

QUAIS OS BENEFÍCIOS DO BCAA PARA NOSSO CORPO?

Cerca de um terço das proteínas musculares são compostas por BCAA. Por isso, a suplementação de BCAA é indicada para quem pratica atividades físicas, pois, durante o exercício, o corpo pode entrar em estado catabólico já que necessita de nutrientes para se abastecer. Ou seja, caso o organismo não encontre esses nutrientes, ele automaticamente retira os aminoácidos presentes nos músculos para suprir a demanda do corpo por energia (que é o que chamamos de estado catabólico ou catabolismo), o que resulta na perda de massa muscular. O BCAA, portanto, fornece esses nutrientes para o nosso organismo, ajudando no ganho de massa magra.

O BCAA possui, ainda, outras vantagens: melhora a recuperação após o treino e reduz a fadiga muscular. Ou seja, nosso corpo não fica doendo tanto!  Também ajuda a eliminar substâncias tóxicas como a amônia, sendo utilizado em algumas doenças hepáticas, e atua na produção de outros aminoácidos como o glutamato.

O BCAA aumenta a longevidade, melhora o sistema imune, aumenta a sensibilidade à insulina, previne a perda de tecido muscular, e aumenta a força e resistência.

 

Emagrece e queima gorduras

Em um estudo publicado em 2009 no Journal of International Society of Sports Nutrition, participantes foram submetidos durante oito semanas a treinos de resistência física. Parte dos voluntários recebeu suplementação com BCAA, enquanto o restante do grupo não utilizou os aminoácidos.

Ao final da pesquisa, os participantes que consumiram BCAA apresentaram um maior ganho de massa muscular e também perderam mais peso do que o grupo controle.

Em outro estudo desenvolvido por pesquisadores brasileiros, participantes que receberam suplementação de leucina durante seis semanas apresentaram uma perda significativa de gordura corporal. Os pesquisadores atribuem o resultado à atuação da leucina no metabolismo, já que o aminoácido aumenta o gasto energético e estimula a utilização de gordura como fonte de energia.

A leucina também reduz o apetite, o que significa que consumir BCAA pode ajudá-lo a consumir menos calorias ao longo do dia, ao mesmo tempo em que começa a queimar as gorduras já existentes no organismo.

Já uma pesquisa japonesa credita parte do sucesso do BCAA na queima de gorduras à função da isoleucina, uma vez que ratos que consumiram o suplemento em conjunto com uma dieta com alto teor de gordura apresentaram um ganho muito menor de gordura do que os animais que não receberam o aminoácido.

 

 Evita a perda de massa magra durante a dieta

 

Não é só para quem procura hipertrofia que serve o BCAA, já que o suplemento também pode ser de grande utilidade para quem está limitando sua ingestão calórica.

Grande parte das dietas de emagrecimento causa também perda de massa magra, decorrente da utilização do tecido muscular como fonte de energia para o metabolismo.

Ao fornecer aminoácidos necessários para síntese de proteínas, o BCAA ajuda a prevenir a degradação proteica (proteólise) e a perda muscular decorrente das dietas hipocalóricas.

 

Reduz a fadiga

Alguns estudos sugerem que o BCAA circula pelo sangue até o cérebro, onde reduz a produção de serotonina no interior do órgão, ação essa que reduz a fadiga mental. Isso ocorre porque a serotonina é um neurotransmissor que promove relaxamento e pode provocar a sensação de cansaço.

Ao entrar na circulação, o BCAA – sobretudo a valina – passa a competir com o triptofano para entrar no cérebro, o que pode diminuir a concentração deste aminoácido que consegue efetivamente passar pela barreira hematoencefálica (cerebral).

Pesquisas indicam que consumir BCAA antes do treino reduz a quantidade de triptofano que chega até o cérebro, o que acaba por retardar a sensação de fadiga. Essa propriedade do BCAA, aliás, o torna um suplemento que pode ser utilizado para reduzir a fadiga mental e manter o estado de alerta e rapidez de raciocínio.

 

 

ATENÇÃO:

As informações fornecidas neste site/blog não devem substituir o aconselhamento médico ou de qualquer outro prestador de cuidados de saúde qualificado. As informações contidas aqui não se destinam a diagnosticar, tratar, curar ou prevenir qualquer doença.
Procure sempre o aconselhamento de seu médico ou profissional da área de saúde para qualquer dúvida a respeito de sua saúde ou sobre algo que tenha lido ou escutado.

 

POSTS RELACIONADOS:

COMENTÁRIOS:

Nenhum comentário foi feito, seja o primeiro!

DEIXE SEU COMENTÁRIO:

Mensagem:
Nome:
Email:

*